Drª Rosângela ex-secretária estadual de saúde

Na mira dos políticos quem lhes sirva; na mira da justiça, quem serviu! Drª Rosângela Wyszomirska.

Ex-secretária estadual de saúde sai com um processo a responder. Mas Renan Filho está em alta.

05/02/2017 por Por Raul Rodrigues

Não faz muito tempo os políticos avocavam para si as responsabilidades do que faziam os seus assessores. Era a época dos políticos sérios. Pelo menos a maioria.

Nos dias atuais os políticos querem mais é o seu perfil em alta para se perpetuarem no poder. Cobram os altos índices de aprovação do seu nome custe o que custar. E para isto vale até colocar por sobre os ombros dos seus assessores mais próximos duras responsabilidades – na verdade irresponsabilidades – dos atos praticados para elevar a aceitação do executivo ante a opinião pública.

Registre-se aqui o respeito da área médica ao nome da médica Rosangela Wyszomirska, ex-secretária estadual de saúde, que na tentativa de manter os altos índices de popularidade do governador Renan Filho contrariou – decisão de foro íntimo – a lei vigente ao reinaugurar a Maternidade Santa Mônica sem a completa reforma da UTI Neonatal daquela unidade de saúde, o que veio a lhe custar um processo na justiça, ao qual irá se defender sozinha, para assim atender aos caprichos de um governador que visa à política como sua meta de sucesso.

A redação do CPA sempre elogiou as decisões da então secretária de saúde pela firmeza e postura responsável quando se tratava de discutir a saúde do estado com vistas às melhorias no atendimento na capital quanto no interior. Acompanhamos as todas as reuniões da então secretária com a direção da Santa Casa de Penedo, almejando-se implantar o Centro de Tratamento para Hemodiálise, a exigida construção de uma UTI Adulto e uma Neonatal, no Hospital Regional da mesma cidade, para atender aos pacientes crônicos da 6ª região. Prova disto às imagens anexadas ao texto. Bem como um Centro de Imagens de última geração. Tudo isto com o aval do governador Renan Filho, que agora a exonera e a substitui por um exímio desconhecedor do setor chamado saúde. E a pior delas: a saúde pública!

Sempre defendemos o nome da Drª. Rosângela à frente da pasta da saúde enfrentando em nossa modesta coluna os murmúrios da sua saída da secretaria, e não seria agora que iriamos calar diante da sua exoneração.

Renan Filho ganhou folego diante do judiciário na questão Santa Mônica. Rosângela sai ferida pela falta da solidariedade de quem a secretaria sempre defendeu, mesmo em casos inglória.

Ossos do ofício!


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: na mira dos políticos quem lhes sirva; na mira da justiça - quem serviu! drª rosângela wyszomirska.

Galeria de fotos